OS DESAFIOS DA PESCA FANTASMA

Publicação: 20/07/2018

Recentemente a Agência Brasil noticiou que a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), em conjunto com a ONU Meio Ambiente, está alertando para a “pesca fantasma”, que ocorre quando o equipamento perdido ou abandonado por pescadores nos oceanos permanece capturando espécimes e sendo um perigo para a vida marinha. A informação é da ONU News.
Calcula-se que cerca de 10% de todo o lixo deixado no mar tenha origem em restos de material de pesca perdidos ou abandonados. No total, cerca de 640 mil toneladas deste equipamento são perdidas nos oceanos todos os anos. 
A FAO afirma que a pesca fantasma prejudica o atingimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, mais especificamente o Objetivo Número 2: acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e a melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.  
Esse não é um problema novo, e merece solução. Por outro lado, a pesca brasileira também anda meio perdida e abandonada. Ela não merece se transformar numa pesca fantasma.